sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Souvenir de peixe vivo. Um verdadeiro absurdo!

Sacos plásticos contendo pequena tartaruga ou peixes são vendidos como chaveiro em cidades da China. O saco mede cerca de 7 x 7 cm e cada chaveiro custa o equivalente a menos de R$2,00.
Segundo o jornal New Zealand Herald, a corrente do chaveiro é presa a um saco, cheio de água colorida, contendo dois pequenos peixes ou uma tartaruguinha importada do Brasil. "Além de bonitos, eles dão boa sorte", diz um dos compradores, que não é provido logicamente de nenhum senso ecológico. Os pequenos animais certamente discordam da boa sorte, pois eles não tiveram nada disso.
As tartarugas presas no plástico podem viver até três meses, dizem os vendedores, preferimos dizer que mal sobrevivem. Dentro dos sacos, elas não sobrevivem tanto tempo, mas livres na natureza elas podem viver mais de cinquenta anos, o que demonstra a grande crueldade.
Abaixo-assinados virtuais percorrem o mundo, mas na legislação chinesa nada existe que proíba a comercialização desses animais. As leis da China são rigorosas com animais selvagens, mas isso não é o caso das tartarugas que, segundo algumas páginas, são importadas do Brasil.

Um dos abaixo-assinados é intitulado Turtles Don't Make Nice Keychains (Tartarugas não fazem chaveiros bonitos").

Vídeo mostra cidadão entusiasmado, com a "lembrancinha".





Fonte: Jornal New Zealand Herald
A Peixes & Pássaros é totalmente contrária ao desrespeito aos animais. Não compre de lojas ou comerciantes que priorizam lucro sacrificando vidas!