quinta-feira, 17 de julho de 2014

O Guppy: Poecilia reticulata

O Guppy também conhecido popularmente por Barrigudinho, Lebiste, Bandeirinha, Sarapintado, Peixe-Arco-Íris, Guaru-Guaru, Bobó, Rainbowfish, Missionaryfish, Millionenfisch, Buntfleckkaerpfling dentre outros tem o nome científico Poecilia reticulata sendo originário do  Norte da América do Sul e América Central. Dimorfismo Sexual: Macho: Tem cores no corpo e nadadeiras. Sua nadadeira caudal costuma ser do mesmo tamanho do corpo. Pode chegar a medir 3 centímetros. Fêmea: Tem cores somente no pendúculo caudal e nadadeiras. Pode chegar a medir 5,6 cm condições ideais para a espéice: temperatura de 25°C a 30°C. de preferência na casa dos 27°C. Água com pH 7.0 a 7.2. dH 6 a 10. Peixe de alimentação onívora, apreciando alimentos vivos como: Tubifex, larvas de mosquito, drosófilas, artêmia salina, dáfnias, infusórios, microvermes, enquitréias, minhocas de jardim, patê e rações industrializadas que inclusive podem ser encontradas na Loja Peixes & Pássaros: http://peixesepassaros.com.br . O Lebiste ou Guppy criado em cativeiro é provavelmente um dos peixes de aquário, mais populares do mundo. Derivado da espécie selvagem Poecilia reticulata (originalmente da América do Sul/Central) ele é pequeno, lindo, pacífico, vivaz e geralmente resistente. Melhor ainda, há uma miríade de variantes coloridas que podem ser colecionadas e facilmente reproduzidas, por isso é uma das melhores escolhas para iniciantes no aquarismo, especialmente crianças. Reproduzir guppies é essencialmente fácil, basta adicionar água, rsrsrsrs. Muitas vezes você nem precisa de um macho, já que as fêmeas conseguem estocar esperma e já vem grávidas da loja. São peixes vivíparos,  portanto os filhotes se desenvolvem dentro da mãe e ela os expele já plenamente formados, como versões miniaturas dos pais. Porém o cuidado que deve ser tomado é que Guppies não são bons pais, eles comem na hora seus próprios filhotes se puderem, por isso são necessários criadouros especiais, se você deseja criar os filhotes. Em um aquário bem plantado, muitos bebês conseguem sobreviver por sí mesmos, escondendo-se por entre a vegetação, e assim que atingem um tamanho razoável já estão a salvo dos adultos. Existem muitas variedades (linhagens) de guppies, e criadores em muitos países, sendo bastante dedicados e organizados, formando clubes, realizando eventos, competições e leilões. Ao passo que guppies "vira-latas" são tão baratos que são frequentemente usados como alimento vivo, as linhagens bem desenvolvidas chegam a atingir preços bem significativos. Participe da enquete no facebook de qual guppy é o mais bonito, em nossa Fã Page.